Oito dicas para evitar cabeleiras na carretilha

Qual pescador não se deparou com a temida cabeleira numa pescaria? Separamos oito dicas para que você possa evitá-las e não perder tempo

Esta é uma imagem que se você nunca a viu na vida…certamente não é pescador!

Todo pescador tem interesse em saber: como evitar cabeleiras na carretilha. Como fazer isso?

1 – Regulagem dos freios magnético, mecânico e centrífugo

Faça diversos testes antes da pescaria para deixar a sua carretilha o mais ajustada possível. Alguns modelos possuem até três tipos de freios ajustáveis. Lembre-se que quanto mais “apertado” o freio estiver, mais curtos serão os seus lançamentos, ainda que o risco de cabeleira diminua.  
Um bom modo para regular o freio mecânico é usando uma isca artificial. Recolha a linha até deixar uma sobra de três centímetros da ponta. Depois, vá soltado o freio com o peso da isca. O ajuste ideal se dará quando o engodo tocar a superfície d’água sem que o carretel continue girando, ou gire muito pouco.  

2 – Evite iscas leves

Não gosta de jeito nenhum de desfazer a cabeleira? Evite arremessar iscas leves com carretilhas! O molinete exerce essa tarefa com mais precisão e pode permitir um arremesso mais longo.

3 – Pratique arremessos

Treine. Se puder arremessar em lagos particulares ou até mesmo em piscina todos os dias, o faça. Um pescador com as mãos calibradas vai arremessar muito melhor e, certamente, evitará o temido problema.

4 – Não se distraia com outros pescadores

Mesmo o pescador mais experiente pode ter problemas se perder a concentração. Formar a cabeleira é muito simples, portanto, fique focado em seu arremesso.

5 – Mantenha o polegar levemente no carretel

Esta é a primeira dica que qualquer pescador aprendeu quando fez os primeiros arremessos com carretilha. Saiba que ela sempre será válida, pois esta é a melhor forma de controlar a saída da linha, por mais que as carretilhas tenham ficado mais modernas. 

6 – Fique atento à quantidade de linha

Quanto mais cheio estiver o carretel, menos chances terá de formar a cabeleira. Preste muita atenção antes de qualquer pescaria.

7  – Contra o vento, ajuste os freios 

O pescador mais experiente pode não se preocupar com esse fator. Contudo, o ideal é apertar bem os freios, já que o vento exercerá uma força contrária muito propícia para a cabeleira, sobretudo se a carretilha estiver “solta”.

8 – Iniciante: use monofilamento para economizar

É fato: um iniciante vai sofrer muito até conseguir fazer o ajuste e coordenar os movimentos para o arremesso perfeito com carretilha. Por isso, para evitar prejuízos, use linha monofilamento no começo. Se precisar cortar pedaços mais largos, certamente, o custo é inferior ao de multifilamento.