8   +   6   =  

Homem é multado em R$ 3 mil por não provar origem de 72,5 kg de pescados

Flagrante se deu após denúncias em Três Lagoas, no interior do Mato Grosso do Sul

Um homem foi multado em R$ 3.180 mil por armazenar de maneira ilegal 72,5 kg de pescados em Três Lagoas (MS). Por não conseguir provar a origem dos peixes e por possuir exemplares de piracanjuba – espécie protegida –, ele agora responderá por crime ambiental.

A Polícia Militar Ambiental chegou até a residência do infrator depois de receber denúncias. “O proprietário do pescado apresentou uma declaração de estoque que estava em desacordo com o pescado apreendido. Além disso, não possuía a comprovação de origem, além de haver peixe com pesca proibida”, informa a corporação.

A piracanjuba é protegida e não pode ser pescada nos rios brasileiros

Foram apreendidos um freezer, 24 kg de pescado da espécie pacu, 18 kg da espécie pintado, 12,9 kg da espécie piapara, 5,5 kg da espécie tucunaré, 2,5 kg da espécie piau, 6,5 da espécie porquinho, 1 kg de corvina e 2,5 kg de piracanjuba (pesca proibida), totalizando 72,5 kg de pescado.

O freezer e todo o pescado foram apreendidos. Os peixes foram doados para instituições filantrópicas da cidade.