5   +   3   =  

Para abastecer a carretilha sem “incomodar” ninguém

Saiba como fazer um “auxiliar” improvisado para ajudar a inserir a linha na carretilha

Por Eduardo Nakiri

Todo pescador ou 99% sofre do mesmo mal: abastecer a carretilha de linha. Essa situação piora com as linhas de multifilamento, que precisam ser enroladas com bastante tensão.

O mais comum é pedir pro nosso parceiro de pesca, ou até mesmo para esposa, para segurar o carretel. Convenhamos, isso é muito chato, ter ficar pedindo para “apertar mais o carretel” ou “assim tá apertado demais”.

Pensando em acabar com isso, em uma ida à casa do meu pai, que está cheio de tralhas, resolvi o meu problema com um enrolador, que não fosse um trambolho e que pudesse colocar na caixa de pesca e, claro, enrolasse bem a linha nas minhas carretilhas.

O resultado foi bom, então divido aqui um tutorial de como fazer um carregador de linha:

O tubo de metal e um cabo de vara “encostada” são itens importantes

Materiais

  • Cabo de vara com reel seat. Pode ser velho, para molinete ou carretilha. Eu usei um de molinete para pesca de praia. Deixei só com um pedacinho do cabo, o resto cortei.
  • Tubo de metal, do mesmo diâmetro do reel seat. Neste caso usei um cano daquelas cadeiras dobráveis de bar. Pode ser daquelas banquetas de pescador de barranco ou até um tubo de alumínio.
  • Pedaço de EVA cortado em círculo, com um diâmetro de uns 4 a 5 cm
  • Parafuso com porca borboleta (usei um de 8 mm)
  • Parafuso fino e comprido (uns 3mm, com porca)
  • 2 tiras de alumínio (eu fiz com duas de 130 x 15 x 3mm)
  • Arruelas grandes
  • Alguns rebites
  • Tampinha de pé de cadeira/mesa, na bitola do tubo de metal
Parte do material, provavelmente você possua em sua tralha de manutenção caseira

Montagem

Comece pelas tiras de alumínio, furando como na foto. Em uma extremidade faça um furo de 8mm (onde vai o parafuso do carretel).

Uns 4,5cm abaixo deste furo, faça outro com 1mm a mais do que o diâmetro do parafuso fino.

Na outra extremidade, faça um furo do diâmetro de um rebite grosso (usei um de 4mm)

Próximo ao furo do rebite, faça um furo do diâmetro do parafuso fino. Mas, não faça agora. Ele é o último a ser feito.

Para facilitar, prendi duas peças na morsa e as furei juntas. Importante: marque a parte de dentro das chapas para não correr o risco de montar invertido depois!

A morsa é fundamental para manter a estabilidade necessária

Em seguida, a parte chata, dobrar. As peças de alumínio devem ficar dobradas como na foto abaixo.

Para isso, prenda as peças na morsa pela parte de baixo, bem pertinho do furo do rebite, e dobre uma para cada lado, para ficarem a 90 graus, como um “T”.

Depois, prenda o tubo de metal em cima das chapas, bem no meio do vão (usei 2 sargentos). Dobre-as, contornando o tubo, até formarem outro ângulo de 90 graus.

Este é o formato que você deve obter para fazê-lo corretamente

Risque na chapa onde fica o final da parte de cima do tubo. Para em seguida, soltar as peças. Prenda-as agora lado a lado, no risco que você fez, com as marcas da parte de dentro viradas para o mesmo lado. Dobre-as 45 graus para o lado oposto aos das marcas.

O passo seguinte vai depender da largura do seu carretel para saber onde você dobra novamente. Quanto maior a distância para a última dobra, mais largo ficará o espaço para colocar o carretel. Como eu só uso carretel estreito, fiz a próxima dobra para só para caber esse tipo de carretel. Mesmo passo do anterior, só que agora eu dobre 45 graus na direção das marcas.

Em seguida, corte o tubo. No meu caso deixei ele com uns 30cm. Ele tem que entrar no reel seat e ficar firme, então corte num tamanho que quase chegue perto do final do reel seat.

Agora você pode fazer o último furo na chapa, o que fica perto do furo do rebite. Para tornar mais fácil este processo, prenda a chapa e o tubo como na foto abaixo e faça os furos. Deixe uns 3 cm de sobra de tubo para frente deste furo como na foto abaixo.

Tenha capricho ao fazer os furos no tubo de metal que será empregado

Depois de perfurado, é hora de lixar o tubo e mandar umas mãozinhas de tinta para ficar “chique”.

Com tudo pronto, agora vamos montar. Coloque o tubo no reel seat para fechar o tamanho. Deixe uns 2 cm entre o final do maior carretel e o começo do reel seat. Junte as tiras de alumínio em “V”, com um rebite forte. Peque o parafuso fino e prenda o “V” na ponta do tubo.

Depois de montado, não esqueça de cortar a ponta do tubo para encaixar a tampa próxima da chapinha.

Este deve ser o resultado final esperado para você obter um excelente auxiliar

O parafuso fino que segurava o “V”, agora entra no furo de cima da chapa. E o do carretel, no furo maior. Nenhuma peça solta, nenhuma ponta enroscando e cabe na caixa de pesca! Preste atenção que o parafuso fino tem que ter o tamanho suficiente para prender o “V” quando desmontado. Ou seja, quando estiver montado, vai ficar um pouco grande.

O outro furo no tubo é para passar o parafuso do carretel, prendendo todo o conjunto. Por isso, este furo deve ficar alinhado com os furos grandes da chapa.

Para manter o reel seat firme no tubo, faça um furo e coloque um rebite prendendo os dois.

Este furo é fundamental para manter a firmeza do aparelho caseiro

Com a porca borboleta, você dá mais ou menos pressão no conjunto, aumentando ou diminuindo a tensão da linha com o freio EVA.

Legenda: E, como o principal era a praticidade para transportar, depois de desmontado ele fica assim:

Abastecer a carretilha com este utensílio ficará muito mais fácil. Experimente!