2   +   4   =  

Massas para pescar curimba

A seguir, confira dois simples exemplos de iscas para pescar a espécie de escamas

Para pescar curimba há um consenso: um dos segredos é a massa. Para fazê-la, muitos pescadores utilizam como ingrediente principal a terra do barranco do rio onde você vai pescar.

A terra não deve ser de “cima”, da superfície, tem de ser um pouco mais “abaixo”, a que está sob o capim, denominada “saibro”.

Depois de colhida a terra, você poderá usá-la em algumas misturas distintas. A primeira e básica consiste em adicionar farelo de arroz e água do rio, que deve ser posta aos poucos.

Esta mistura é feita dentro do barco, com o uso de um balde e um remo, que vai funcionar como uma boa ferramenta para mexer a massa.

O passo seguinte é fazer as bolotas. Depois jogue algumas delas na água e abasteça o cevador (de PVC ou de garrafa pet, o mesmo usado na pesca de piaparas).

Outra ceva bastante simples é a que usa massa de bolacha. Essa receita nasceu em Marília, cidade do interior de São Paulo em que há várias fábricas de bolachas. A massa de bolacha pode ser feita de qualquer sabor: chocolate, branca, amendoim ou/ outras.

É formada por 50% farelo arroz + 30% massa bolacha e 20% saibro+água.

Para pescar um bom curimba, capriche na receita da massa e recorra às dicas dos experientes