6   +   9   =  

Como pescar traíra no raso?

Em épocas de águas mais quentes, a espécie procura pontos com menos volume d’água. Aproveite!

Como pescar traíra no raso? Parece mais difícil, porque elas ficam mais “ariscas” quando nadam na rasura. Este é um hábito comum da espécie. Mas, nem sempre ela está caçando, pode estar explorando seu território, como em uma patrulha, apenas fiscalizando. 

Em consequência, se usarmos alguma isca que simule a invasão de seu ambiente ou que se assemelhe a um ataque, o predador poderá atacar a isca artificial. Nessa hora, um popper ou uma hélice, trabalhada de maneira lenta, reproduz uma caçada. O que não é aceitável para o dono do território. É por isso que ocorre o ataque de modo violento, como se fosse um aviso de que ali já existe um dono e que se trata de seu território de alimentação. 

Caso procure explorar o ponto no amanhecer e entardecer, horários em que o peixe gosta caçar pela baixa luminosidade. 

Outra boa possibilidade são as iscas softs na montagem no sinker ou back slide em que é apenas presa ao anzol para afundar lentamente e de forma natural.  

Pescar a traíra no raso exige muita atenção do pescador; afinal o peixe é arisco