9   +   4   =  

Agulhão-negro de 200 kg é encontrado morto na praia de Itanhaém

Segundo pesquisadores, este é o primeiro exemplar encontrado sem vida na areia da praia. “Fato raro”

Por Lielson Tiozzo

Um agulhão-negro foi encontrado morto na praia de Itanhaém (SP). O peixe media 3,6 metros de comprimento e tinha peso estimado 202 kg.

O exemplar foi levado à Unidade de Estabilização do Instituto Biopesca, em Praia Grande (SP). Agora os pesquisadores tentarão descobrir a causa da morte. É considerado raro que agulhões se aproximem da costa.

De acordo com o Instituto, este é o primeiro agulhão-negro encontrado morto numa praia da região.

“É uma espécie oceânica de águas quentes, e que tem um bico mais curto do que as demais espécies de agulhões” explica o professor e biólogo Teodoro Vaske Junior, da Universidade Estadual de São Paulo (Unesp).

Uma das possibilidades é que o peixe tenha sido capturado e descartado, ou que tenha engolido algum objeto contaminado.

“Assim como a maioria dos peixes oceânicos, ele também está no radar de pesca predatória, e oferece riscos a quem o consome, principalmente em caso de encalhe, já que não se pode saber o que levou o animal à morte”, conta biólogo Márcio Ohkawara, do Instituto Biopesca.

Exemplar de agulhão-negro de 202 kg foi encontrado morto. A causa ainda é investigada (Foto: Instituto Biopesca )