Três bons nós de pesca que todo pescador deve saber

Único, palomar e clinch. Se o pescador saber executar estes três nós, poderá se virar em diversas situações

Saber como executar bons nós de pesca é requisito mínimo para qualquer pescador que se preze. Afinal de contas, sem um bom entrelaçamento, de nada adianta estar no melhor lugar e ter o equipamento mais sofisticado. Na primeira “puxada” do peixe, pronto. Tudo acaba perdido!

O pescador não pode se dar ao luxo de não aprimorar os nós de pesca. É tão importante quanto fazer um bom arremesso. Um nó bem feito significa garantia de não deixar o peixe escapar sem que seja por destreza dele mesmo.

Por isso, o editor especial da Pesca & Companhia, Alex Koike, explica os mínimos detalhes de três nós de pesca muito úteis: único, palomar e clinch. Ambos servem para atar a linha a um terminal, como snap ou anzol. Cada um pode ser empregado em diversas situações e conforme o gosto e confiança do pescador.

Lembre-se que para um nó ser bem feito, você deve fazê-lo sem pressa e com certa sobra de linha. A “lubrificação” costumeiramente se dá com a própria saliva, mas pode ser com uma leve passada n’água do local da pescaria.

Por isso, dê atenção a este vídeo e, inclusive, faça testes antes de colocá-los em práticas. Os nós de pesca, na verdade, são uma arte.

Aperte o play e aproveite mais um conteúdo de excelência Pesca & Companhia:

Não deixe de curtir e de se inscrever na página da Pesca & Companhia no YouTube. Ative o sininho para receber todas as atualizações e aproveitar o nosso conteúdo!