3   +   8   =  

Aumente a vida útil de sua isca artificial soft

Existe um bom macete graças a uma molinha para ajudar a fixar a artificial no anzol

Por Pepe Mélega

Tenho usado uma molinha, também conhecida como “rabinho de porco”, para fixar minha isca artificial soft em anzóis e em diversos rings. Afinal de contas, muitos pescadores tem certa dificuldade em deixar este tipo de isca bem ajustado no anzol. Logo, o desgaste é inevitável.

A molinha em questão é muito útil principalmente quando usamos anzóis lastreados (com peso em sua haste). Pois elas evitam abrir um espaço mais largo que o necessário ao passar o anzol da maneira tradicional, iscando a própria soft.

Dessa forma, como o esforço de fisgada, fica distribuída de forma menos intensa na isca e mais na haste do anzol. Assim temos um desgaste menor do produto. E, como consequência, podemos usar a mesma isca para fisgar muitos outros exemplares.

Esta, aliás, é uma questão que os mais experientes em isca soft já foram aprimorando. Fazer com que ela dure um pouco mais, sobretudo quando o alvo é um peixe com forte dentição. Caso das traíras, dos dourados e outros peixes.

As molinhas em referência podem ser encontradas no site (www.fishingmaster.com.br).

O emprego de uma mola conhecida como “rabinho de porco” irá ajudá-lo nesta tarefa