9   +   6   =  

Por ostentar dourado morto em redes sociais, homem é multado em R$ 4 mil

Fato se deu em Mato Grosso do Sul, onde a espécie é protegida. No entanto, policiais não encontraram o exemplar abatido com o pescado

Por Lielson Tiozzo

Um homem foi multado em R$ 4.315 mil por ter ostentado nas redes sociais o abate de um dourado em Mato Grosso do Sul. Apenas o pesque-e-solte da espécie está autorizado por lei no Estado, desde janeiro.

A Polícia Militar Ambiental recebeu a denúncia. Utilizando as imagens e os detalhes, os agentes foram vistoriar um pesqueiro situado em Anastácio (MS), próximo à Rodovia BR-262. Lá foi possível identificar o pescador apresentado nas imagens.

No entanto, depois de ter feito a vistoria no local, não foi encontrado nenhum exemplar de pescado.

Mesmo assim, o homem foi multado e agora também responderá por crime ambiental de pesca proibida. Se condenado, poderá pegar de um a três anos de prisão.

Este seria o dourado exibido em publicação feita em rede social, segundo a Polícia Militar Ambiental