Escolha a cor da isca artificial conforme sua funcionalidade

Especialista sugere que devemos prestar atenção onde a isca vai atuar para tomar esta decisão

Por Maicon Bianchi

A escolha da cor da isca artificial é importante. Gosto de separar as cores pelas suas características (superfície, meia-água e fundo).

Superfície: nessa característica de isca não sou muito ligado às cores. Acredito que para as iscas que trabalham mais rápidas, como zaras e hélices, as cores não influenciam. Já nos sticks, poppers e zaras trabalhados lentamente, nas quais conseguimos empregar trabalhos que fazem com que as iscas afundem, tenho minhas preferências de cores.

Como estou dedicando minhas pescarias mais na região amazônica, onde as águas do Rio Negro têm uma coloração forte (negra), a minha cor preferida é a cor osso ou branca, com a qual consigo um contraste com o meio ambiente e chamo mais a atenção do peixe. Outras cores como verde- limão, fire tiger e cores metalizadas estão entre minhas titulares.

Meia- água e fundo: nessas modalidades, prefiro trabalhar sempre com o contraste em relação à água. Uma dica muito interessante de que me sirvo há anos é sempre ter uma cor na isca sobressalente a outra, como, por exemplo, branca da cabeça vermelha. Principalmente a cor vermelha chama muita a atenção, inclusive a isca trabalhada mais lentamente imita um peixe agonizando (sangrando),tornando-se presa irresistível aos olhos do predador.

Sempre analiso os lugares aonde vou pescar, fazendo uma analogia com lugares já de meu conhecimento. E uso estratégia semelhante com iscas de cores pré- selecionadas durante a pescaria; conforme o resultado, vou mudando para iscas de cores diferentes. Se começar com iscas de cores claras e não der certo, mude para as iscas de cores mais fortes ou até mesmo metalizadas, que costumam dar ótimo resultado.

Gosto muito de usar em águas sujas cores mais fortes, como fire tiger, haloween ou até mesmo mais puxadas para o preto. Porém, em águas claras gosto de utilizar as claras, como osso, verde- limão e, de preferência, iscas com cores translúcidas.

A cor da isca artificial deve ser escolhida com critério, na opinião de Maicon Bianchi