6   +   5   =  

Transporte irregular de iscas vivas rende multa de R$ 2 mil a jovem

Flagrante se deu durante a fiscalização da Polícia Militar Ambiental em Bonito (MS)

Por Lielson Tiozzo

Um jovem comerciante de 21 anos acabou multado em R$ 2.180 mil pelo transporte irregular de aproximadamente 2500 caranguejos que seriam vendidos como iscas vivas. O flagrante se deu numa rodovia próxima a Bonito (MS).

A abordagem se deu quando os policiais encontraram os caranguejos no porta-malas de um veículo. O jovem não possuía nenhum documento que comprovasse a origem das iscas, como a Guia de Controle de Pescado (GCP). A captura de iscas vivas em Mato Grosso do Sul só é permitida ao pescador profissional.

As iscas e o veículo foram apreendidos. Os caranguejos foram devolvidos ao seu habitat natural.

A Polícia Militar Ambiental prometeu intensificar a fiscalização no estado durante o último mês que antecede a piracema. Mais de 300 agentes estão espalhados em pontos estratégicos a fim de coibir a pesca predatória. Neste período existe a concentração e cardumes, tornando os peixes mais vulneráveis.

Os cerca de 2500 caranguejos estavam no porta-malas de um veículo