6   +   1   =  

Como se dar bem na pesca desembarcada com iscas artificiais

Peixes como tucunarés, traíras e dourados podem ser capturados aos montes nesta modalidade

Quando estamos nos deslocando pelas margens, pinchando a pé, fazendo uma pesca desembarcada de traíras ou tucunarés, é preciso ficarmos sempre alertas. Devemos observar os remansos, praias e beiras de pedrais, pois podemos visualizar os peixes encostados. No caso destas duas espécies, elas apresentam comportamento de defesa territorial de seu ninho, ou mesmo para dominar um ponto de espreita e caça das suas presas.

Uma dica importante é o uso de óculos polarizados, pois assim temos uma chance maior de nos depararmos com estas oportunidades.

A pesca desembarcada com isca artificial também rende dourados. A emoção de capturar o dourado a pé, no bait casting é digna de deixar qualquer pescador experiente emocionado.

Para ter sucesso, explore as partes de cima das quedas, arremessando plugs em sentido perpendicular às corredeiras. Jás se empregar as iscas artificiais softs, os arremessos devem ser de baixo para cima, o que facilitará o trabalho. Nas partes abaixo das corredeiras, podemos inverter o trabalho dos plugs, o arremessando a favor da corrente.

Preste atenção também no calçado que irá usar. Nessas situações, o mais indicado é buscar os específicos para caminhar dentro da água. Este é o caso dos wading shoes, usados na pesca com mosca, que são botas com feltro na sola e pinos, o que garante uma maior aderência e evita os escorregões.

A pesca desembarcada proporciona momentos de intimidade do pescador com a natureza