4   +   6   =  

Torneio de pesca é campeão de impacto econômico para região

Bassmaster Classic 2019 movimentou US$ 32,2 milhões, segundo relatório divulgado por revista especializada

Com informações da Angling International

O último Bassmaster Classic – o maior torneio de pesca do mundo – provocou um impacto econômico de US$ 32,2 milhões na região de Knowville, no estado de Tennesse (EUA). Isto fez com que a competição fosse reconhecida como “Campeã de Impacto Econômico no Turismo Esportivo”, segundo levantamento da revista Sports Destination Management.

O Bassmaster Classic 2019 atraiu um público recorde de 153.809 mil pessoas de todo os EUA e de muitos outros países. O relatório econômico feito pela Comissão de Esportes local aponta que o torneio de pesca rendeu um ganho direto de US$ 17,7 milhões e um aumento indireto nas vendas comerciais de US$ 14,5 milhões. Gerou ainda US$ 2,75 milhões em receitas fiscais estaduais e locais, incluindo impostos sobre vendas, compras de restaurantes e acomodações. Os participantes pagaram 29.232 mil diárias em hotéis locais.

“Estamos muito orgulhosos de ter o impacto positivo do Bassmaster Classic e nossa parceria com a Comissão de Esportes de Knoxville reconhecida”, conta o CEO da Bass, Bruce Akin. “É nossa esperança que todos os torneios Bass possam ser uma vitória econômica para nossas cidades-sede”.

O Bassmaster foi vencido pelo nativo de Knoxville, Ott DeFoe. A próxima edição, em comemoração aos 50 anos de história, se dará em Lake Guntersville, em Birmingham, Alabama (EUA), de 6 a 8 de março.

O Bassmaster Classic é conhecido por reunir os melhores pescadores estadunidenses em busca dos maiores black basses (Foto: Bass)