5   +   3   =  

Cinco dicas para levar criança na pescaria

Ter a companhia dos pequenos torna a atividade ainda mais prazerosa, mas devemos ter certos cuidados

A ideia de levar a criança para a pescaria pode parecer bastante divertida, mas é preciso tomar alguns cuidado para que a diversão não vire um desastre. A seguir, cinco dicas para tornar essa experiência mais prazerosa.

1- O equipamento deve ser compatível ao tamanho da criança. Um tralha desproporcional além de atrapalhar o aprendizado da criança, fará com que ela perca o interesse mais rápido

2- Prefira a pescaria desembarcada, em um lago pequeno, mas com bastante peixes como tilápias e acarás. Dessa forma, as crianças ficam entretidas com a ação constante e, caso fiquem entediadas, poderão brincar em volta do lago.

3- Oriente, interfira o mínimo possível. Eles precisam fazer isso sozinhos para se envolver com a pescaria.

4- Mesmo que esteja quente, não esqueça de colocar calças e camisa de manga comprida, evitando o ataque dos insetos, além de proteger também do sol.

5- Comece com as iscas naturais em vez de artificiais. Depois que eles pegarem o jeito e estiverem mais acostumados experimente as artificiais.

A criançada se diverte na pescaria e ainda pode estreitar os laços familiares