8   +   4   =  

Baixo nível d’água afeta piracema em trecho do Rio Paraná

Província de Corrientes (ARG), famosa pelos dourados e pintados, decide prorrogar período em que apenas o pesque-e-solte é liberado as terças e quartas-feiras

Por Lielson Tiozzo

O baixo nível d’água no Rio Paraná provocou mudanças no período de piracema em Corrientes, na Argentina. A região ficou bastante popular entre os brasileiros por conta da pesca de espécies como dourado, piapara e surubim.

Em nova Resolução, a Direção de Recursos Naturais estabeleceu que desde a confluência dos rios Paraná e Paraguai, em Paso de La Pátria, até a divisa com Misiones, as terças e quartas-feiras a pesca fica liberada apenas no sistema pesque-e-solte.

Nos demais dias da semana os pescadores podem abater os peixes, desde que cumpram as cotas locais. A medida é válida até às 24h do dia 6 de abril.

No entanto, também até o dia 6 de abril, não será permitido abater qualquer exemplar de dourado ou surubim. Fora do período de restrição, estas espécies tem cota limitada a um peixe, desde que faça um registro junto às autoridades ambientais do local da captura.

Em Corrientes, a pesca está liberada desde o dia 24 de dezembro.

Nenhum dourado poderá ser abatido durante o período proibitivo em Corrientes, na Argentina