7   +   5   =  

Temporal se aproxima? Então esconda o celular na pescaria

Não se trata de uma dica de segurança ou para economizar a conta no final mês: evite usar o aparelho durante as tempestades

Começou chover? O melhor é o pescador parar e procurar um abrigo. E, por prudência, não devemos nunca pegar o telefone celular na pescaria ou recorrer à qualquer aparelho para chamar quem quer que seja. Eles são condutores de energia e nessas situações são perigosos como as varas.

São raros os acidentes deste tipo. Mas em 2018 houve um caso em Santarém (PA) em que um jovem foi atingido por uma descarga elétrica enquanto manuseava o celular em sua residência. Segundo os Bombeiros, o aparelho estava conectado na tomada para recarregar a bateria.

Segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), o Brasil é atingido anualmente por mais de 100 milhões de raios, sendo o país campeão na incidência desse fenômeno no mundo. As descargas podem atingir residências e até mesmo aviões durante o voo.

Um aparelho celular pode atrair um raio e causar um acidente fatal. Por isso, pescando embarcado ou desembarcado, durante a tempestade com raios, o melhor a fazer é guardar o celular na caixa de pesca (estojo, mochila, bolsa, o que tiver). Assim não existe a “tentação” de querer usá-lo para qualquer coisa.

Durante a tempestade, guarde o celular em lugar seguro e procure um local abrigado