10   +   4   =  

Como “quebrar” o pulo do dourado

Dica serve também para outras espécies que costumam salta durante a briga

Você já deve ter se perguntado: o que faço para “quebrar” o pulo do dourado?

É muito comum durante uma briga o peixe escapar ao pular com a isca artificial na boca. Em especial tratando-se de espécies como dourados e trairões.

O pulo é uma das defesas do peixe durante a briga. Sendo essa a forma mais usual de perdermos a batalha. Além do mais, a boca “dura” de dourados e de trairões é um obstáculo a mais para a fisgada precisa. O anzol pode não penetrar com precisão e ficar frouxo.

O salto do dourado é espetacular e encanta os pescadores. Mas sempre existe o temor de que, neste momento, ele vai escapar

Uma fórmula eficiente para diminuirmos as escapadas é quebrar o pulo utilizando a vara. A movimentando seja para o lado oposto. Seja mantendo a ponta da vara para baixo. Isso faz com que a linha mantenha-se bem esticada. E então aumentamos as chances de manter a isca na boca, e finalmente conquistarmos a briga.

Normalmente, os grandes e esportivos dourados e trairões vem para a superfície ao serem fisgados. Evitar a fuga é um desafio que todo o pescador tem durante o ápice de uma ação. Esta técnica de manter a vara em sentido oposto é muito eficaz. Experimente!