1   +   5   =  

Recorde da piapara completa seis anos sem ser ameaçado

Façanha se deu na mesma região onde o principal predador da espécie, o dourado, também tem seu recorde registrado

Por Lielson Tiozzo

O recorde da piapara mais pesada completou exatos 6 anos. No dia 22 de abril de 2013, no Rio Uruguai, Ray Snyder fisgou um exemplar de 7.26 kg. Até o momento ninguém foi capaz de desbancar esta façanha na categoria “All tackle”, pelo menos no registro de recordes da IGFA.

As piaparas são ariscas. Na região de Concórdia, na Argentina, onde se deu a captura, a espécie encontra uma constante condição de ameaça. É que ali está instalada a Usina Hidrelétrica Binacional Salto Grande. E nas proximidades habitam os maiores dourados do planeta – com direito a recordes da espécie também registrado por lá. Sendo assim, somente as “bogas” mais espertas sobrevivem.

Na mesma região, vale lembrar, é possível enganchar a piapara com iscas artificiais, na tentativa de atrair os dourados. Isso se dá porque elas formam imensos cardumes, na tentativa de intimidar os predadores.

No entanto, sua pesca se dá preferencialmente com iscas naturais. Como massas e grãos (milho) oriundos de cevas, ou vivas, como minhocas e caranguejos. Ocasionalmente pescadores empregam iscas diferentes, como filés de salmão, calabresa ou salsicha.

As piaparas são encontradas em toda a Bacia do Prata. E também nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul, bem como na Bacia do São Francisco.

Pescar uma piapara de 7 kg é uma imensa façanha. Caso consiga uma maior, não perca a oportunidade de pleitear o recorde!