6   +   6   =  

Quando situações adversas viram positivas numa pescaria?

Sabia que em alguns casos, o vento, sempre um “vilão”, pode acabar ajudando?

A água muito limpa e “cristalina” pode ser boa para passeios, mas para pescaria nem sempre é bem vinda.

Então, nessas situações, condições consideradas normalmente adversas, que normalmente não costumam ser boas para a pescaria, podem ajudar. 

Um exemplo é o vento, pois, além de movimentar a superfície da água, oxigenando-a, provoca as  marolas,  deixando o peixe mais à vontade e menos exposto para sair para caçar. 

Outra atitude que o pescador pode ter é procurar por regiões mais profundas e com sombras, que também se tornam mais confortáveis ao peixe.

Além dos pontos de pesca, o pescador deverá mudar um pouco o seu material de pesca, utilizando linhas mais finas, servir-se de artificiais menores e de cores mais realistas. 

Nem sempre aquilo que parece atrapalhar a pescaria, realmente produzirá resultados ruins