10   +   10   =  

Tensão Pré-Pescaria: confira quais são os sintomas

Ouvimos nossos especialistas para saber o que acontece na véspera de uma pescaria e o que fazer para controlar a TPP

O que é a Tensão Pré-Pescaria ou simplesmente TPP? Nossos colaboradores responderam…

Geralmente não consigo dormir bem na noite anterior a pescaria, mas apenas naquelas que são novidades pra mim (envolvendo viagens). Contudo, após passar a ansiedade do primeiro dia, durmo normalmente na noite em sequencia. Ressalto ainda que não faço uso de remédios. E recomendo a quem quiser faze-lo que procure um médico.
Saulo Nazion

Eu muitas vezes tive a TPP. O principal sintoma é a falta de sono. A gente regula o despertador para às 5h, mas acorda à 1h, à 1h27 e por aí vai. O tempo parece fracionado olhando para o despertador. Não acho que há regra para aliviar isso. Mas na maior parte das vezes é naquela pescaria que é uma novidade. A melhor maneira de lidar é pensar no que fazer para ter o melhor aproveitamento. O sono volta ao normal ao longo da pescaria, porque existe o cansaço físico. O melhor é evitar remédio e não queimar a largada. 
Guilherme Monteiro

Minha TPP é de não conseguir dormir no dia que antecede a viagem. Porque você acorda de 20 em 20 minutos e acaba até dispensando o despertador. Não tomo remédios, porque não acho saudável. Essa ansiedade é até saudável, porque a gente sempre espera há muito tempo, então queremos apenas que o momento chegue logo.
Alexandre Dick

Por aqui na minha região pesco algumas vezes por semana, enquanto que conto com algumas saídas ao logo do ano para locais especiais e mais longínquos. Se para minhas jornadas ao longo da semana já passo a noite acordado pensando em como será o dia seguinte, imagine só como fico quando estou me preparando para ir longe. Contudo, são noites que passo acordado sem, no entanto, ter o efeito de noites mal dormidas, vez que o motivo acaba sempre compensador. Minha preocupação é se algum dia isso parar de acontecer, pois dai já não será a mesma coisa!
Domingos Bomediano

Tenho quase 30 anos como guia. No começo eu ficava super-entusiasmado, porque quando tinha um cliente novo queria que ele pegasse um peixe grande e voltasse a me procurar. Com o passar do tempo, para mim, ficou corriqueiro. Vou ser sincero: tive uma ansiedade de 5% do normal numa recente pescaria que fiz no México, porque havia três anos que não ia. Confesso que a pescaria do black bass me fez bem. Até a minha esposa relata que melhorei muito com relação à ansiedade. Parei de perder sono. Entendo que quanto mais o cara pesca, mais ele controla. Agora, com quase 59 anos, sugiro que a pessoa se mantenha concentrada, porque dá para controlar. 
Braguinha 

Antes de qualquer pescaria, mesmo os mais experientes, ficam tensos