0   +   4   =  

Qual o equipamento correto para pescar com a isca artificial Alabama rig?

Isca pode ser bastante eficiente na pesca de espécies como o tucunaré e o black bass

A isca artificial Alabama rig pode ser muito útil na pesca ao tucunaré e outros predadores. Mas para poder ter sucesso com seu emprego, devemos levar em consideração a especificação do equipamento.

É primordial ter um conjunto adequado para essa pesada montagem. A vara deve ter uma resistência para linhas de 25 lb e o casting de mínimo de 1 oz, porque o peso do Alabama, somados os anzois ou cabeças de jig e as iscas softs, muitas vezes ultrapassam os 28 g.

Evite usar modelos de ação extra-rápida, que dificultam a fisgada porque respondem de forma muito rápida ao ataque do peixe, tirando a isca da boca do animal.

Como se trata de uma montagem que permite explorar grandes áreas também é recomendável usar varas mais longas, de 6’6″ a 7′ que ajudam o pescador a conseguir longos lançamentos. Se estiver com a vara dentro desse padrão, procure por algum modelo um pouco mais reforçado.

Forme o conjunto com uma carretilha de velocidade mais lenta, algo em torno de 6.3:1, que permite um recolhimento confortável e sem forçar o material. Ela deve ser abastecida com monofilamento ou fluorcarbono de 14 a 16 lb.

Também pode-se aumentar o tamanho dos anzois ou cabeças de jig.

O Alabama rig é uma isca artificial que exige um equipamento bem ajustado para funcionar bem