10   +   9   =  

Policiais e pescadores recebem treino de combate a incêndio florestal

Curso ministrado pela Defesa Civil se deu em Miranda (MS) e alunos acabaram aprendendo a teoria na prática

Por Lielson Tiozzo

Policiais ambientais, pescadores, trabalhadores rurais e funcionários públicos participaram de um treino de combate a incêndio florestal. O curso foi ministrado por três instrutores da Defesa Civil em Miranda (MS).

Os participantes tiveram que, de maneira inusitada, aprender a teoria na prática. Isto porque eles atenderam um pedido de socorro às margens da Rodovia BR-262. Na ocasião houve uma força tarefa com a Polícia Rodoviária Federal, o Corpo de Bombeiros Militar de Aquidauana e a própria Defesa Civil.

O curso foi uma iniciativa da Polícia Ambiental de Miranda. A proposta era capacitar pessoas que lidam diariamente com a mata e podem a qualquer momento encontrar um foco de incêndio.

A Defesa Civil aceitou e ministrou o curso “em virtude da diminuição dos incêndios na região do Pantanal”.

O curso de combate aos incêndios ensinou as técnicas apropriadas ao combate e teve carga horária de 16 horas/aula.

Mas esta não é, pelo menos ainda, uma realidade para todos os policiais ou pescadores interessados. De acordo com o tenente-coronel da Polícia Militar Ambiental de Mato Grosso do Sul, Ednilson Queiroz, caberá aos comandantes das sub-unidades do estado solicitar um curso como este.

O combate ao incêndio florestal ganhou mais reforços além da Defesa Civil na região de Miranda