7   +   1   =  

Como preparar a bolota, ceva ideal para pescar curimbas

Com poucos ingredientes simples de serem encontrados podemos preparar um chamativo muito eficiente para a espécie

Por Rodrigo Amaral

Para preparer a bolota, precisamos de farelo arroz, porém pode ser acrescida terra. Esta ceva funciona muito bem para pescar curimbas.

É um procedimento bastante comum e que dá bom resultado. Para um dia de pesca costumo levar em torno de 15 kg de farelo, adiciono água do próprio rio, misturo e faço “bolotas” de farelo (conforme as fotos) e vou jogando aos poucos na água.

Se pretendo que a “bolota” se aloje próxima ao barco, faço-a maior, ficando a mesma mais pesada e assim afundando mais rápida. Se a intenção é que ela se assente um pouco mais longe, apenas diminua o tamanho. Outra dica fica por conta da quantidade de água. Procure adicionar água aos poucos e misture bem até que o farelo fique consistente.

Com isso, as “bolotas” permanecerão mais tempo no fundo do rio, antes que a correnteza consiga dissolvê-las. Uma quantidade maior de água fará com que o farelo fique “mole”, espalhando- se com facilidade pelo fundo do rio, fazendo com que os peixes se dispersem, dificultando sua captura. Com o farelo consistente procure fazer “bolotas” de diferentes tamanhos, conseguindo assim um “rastro” bem cevado.

A bolota pode ser preparada apenas com farelo de arroz, terra e água do próprio rio