4   +   5   =  

Dois são multados em R$ 5 mil por pescaria durante a piracema

De acordo com a Polícia Militar Ambiental, pescadores teriam dito que “não sabiam da proibição”

Por Lielson Tiozzo

Dois homens foram multados em R$ 5 mil (R$ 2,5 mil cada um) por pescarem durante a piracema. O flagrante se deu no Rio Sucuriú, nas proximidades de Três Lagoas (MS). O período de proibição da pesca no local vai até o final de fevereiro.

Segundo a Polícia Militar Ambiental, os pescadores foram flagrados quando ainda iniciavam a pescaria. Por isso, ainda não haviam capturado nenhum peixe.

“Os pescadores afirmaram que praticavam pesca desportiva e não sabiam da proibição devido ao período de piracema. Um barco, um motor de popa e dois molinetes com varas foram apreendidos”, informa a corporação

Eles também responderão por crime ambiental de pesca predatória. A pena prevista é de um a três anos de detenção.

A Polícia Militar Ambiental estabeleceu pontos de fiscalização em locais estratégicos do Mato Grosso do Sul. O objetivo é evitar a pesca predatória nos meses críticos de piracema, nos quais os cardumes estão vulneráveis.

Motor de popa e equipamentos de pesca foram apreendidos com os dois pescadores (Foto: PMA/MS)