4   +   4   =  

Homem é multado em R$ 1.120 mil por pescar na piracema

Pescador estava com 21 kg de peixes de diversas espécies e agora responderá pelo crime ambiental de pesca predatória

Por Lielson Tiozzo

Um pescador foi multado em R$ 1.120 mil pelo transporte de 21 kg de peixes pescados durante a piracema. O flagrante se deu em Dourados (MS). O período de proibição da pesca no Estado vai até o final de fevereiro.

De acordo com a Polícia Militar Ambiental, o homem de 43 anos estava na Rodovia MS 156. Ele estava nas proximidades do Rio Dourados “com uma saca contendo 21 kg de pescado fresco das espécies, pacu, traíra, piau e curimbatá, que ele acabara de capturar naquele rio, em pescaria ilegal, nas proximidades do Porto Cambira”. O pescado foi apreendido.

O infrator, morador de uma fazenda, recebeu voz de prisão e foi conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Dourados. Ele foi autuado em flagrante e responderá por crime ambiental de pesca predatória. A pena para este crime é de um a três anos de detenção. O pescado será doado para instituições filantrópicas.

A Polícia Militar Ambiental estabeleceu pontos de fiscalização em locais estratégicos do Mato Grosso do Sul. O objetivo é evitar a pesca predatória nos meses críticos de piracema, nos quais os cardumes estão vulneráveis.

Pescado apreendido foi doado para instituição filantrópica de Dourados (MS)