10   +   7   =  

Pescaria de salmão no Chile e a realização de um sonho

Acompanhe a pescaria de um dos peixes mais cobiçados do mundo em um lugar de rara beleza

Por Alexandre Dick

Certa vez a redação da Pesca & Companhia fez uma enquete com os seus colaboradores sobre quais os peixes cada um de nós sonhava pescar e em que lugar gostaria de ir para realizar este sonho.Na ocasião, a espécie por mim escolhida foi o salmão chinook, também conhecido como salmão-rei, por conta da sua imponência e beleza.

Na fase adulta, este imponente predador atinge mais de 20 kg e mais de 1.20 m. Para ter uma ideia do seu tamanho, o atual recorde mundial homologado pela IGFA é um exemplar de 44,11 kg – um verdadeiro monstro das águas geladas. Além disso, eles normalmente são pescados em locais paradisíacos, de beleza ímpar, uma combinação quase que perfeita.

O chinook habita águas frias e pode ser encontrado principalmente na costa do Pacífico Norte, da Califórnia ao Japão. Além destes locais em que ele é nativo, foi introduzido em algumas regiões do Chile, Patagônia Argentina e Nova Zelândia, onde encontrou um habitat perfeito para viver.

Desde o tempo da enquete venho tento formas de conhecer este peixe fascinante, e há alguns meses encontrei um bom ponto no Chile em que seria possível realizar este sonho.

Pesquisando a fundo, aprendi um pouco sobre a temporada de pesca e também sobre o período reprodutivo, que são essenciais para que seja possível duelar com um grande troféu, já que geralmente neste período de subida dos rios (época em que se pesca o Salmão), ele já não se alimenta mais.

A íntegra de desta reportagem você confere na Edição 294 da Pesca & Companhia!