0   +   5   =  

Bolsonaro e secretário prometem equipamentos de pesca mais baratos

Presidente também comentou sobre redução de impostos para importar barcos, mas ainda incentiva a compra de “materialzinho de pesca” no Paraguai: “O Marito vai gostar”

Por Lielson Tiozzo

A possibilidade de tornar equipamentos de pesca mais baratos voltou a ser citada pelo secretário da Pesca, Jorge Seif Júnior. Desta vez ele comentou o tema ao lado do presidente Jair Bolsonaro (PSL), quem também confirmou a intenção do governo para reduzir impostos de importação para barcos. O anúncio se deu durante uma transmissão ao vivo por meio de redes sociais.

“Lembro também ao pessoal da pesca esportiva, que hoje precisa viajar ao Paraguai para comprar artefatos, uma grande potencialidade do nosso Brasil. Já conversei com o capitão (presidente Bolsonaro) e ele já passou para o Paulo Guedes (Ministro da Economia). Está em estudo a redução da taxa de importação de equipamentos de pesca esportiva”, comenta Seif Júnior.

Numa audiência pública Seif Júnior já havia prometido a redução dos impostos. Ele pleiteia uma diminuição de 100%.

No entanto, apesar de reconhecer que o “imposto é muito alto para importar”, Bolsonaro ainda mencionou o Paraguai como importante polo de compras de material de pesca.

O presidente lembrou que assinou um Decreto e a partir de 2020 haverá um aumento de US$ 500 para US$ 1000 para limite de compras em lojas “free shop”. E no caso de compras em território paraguaio, o aumento será de US$ 300 para US$ 500.

“Isto também vai ajudar quem quer ir lá (no Paraguai) comprar um materialzinho de pesca”, avalia Bolsonaro. “O Marito (Mario Abdo Benítez, presidente paraguaio) vai gostar disto daí”.

Outro tema citado por Bolsonaro foi a redução de impostos para importação de barcos. Existe uma proposta nas mãos do ministro Paulo Guedes.

“Vamos partir para quase zero o imposto sobre importação de barcos. Ninguém vai diminuir o imposto de tal modo que prejudique alguém aqui dentro. Mas está em torno de 100%. Ou seja, daria para comprar duas embarcações lá fora (se houvesse redução). Está sendo estudado”, promete.

O secretário da Pesca Jorge Seif Júnior e o presidente Jair Bolsonaro citam a pesca esportiva durante uma live na internet